Apenas os eventos, rifas e as demais ações postadas neste blog serão usados em prol do tratamento do Arthur.

ATÉ AQUI NOS AJUDOU O SENHOR
I Samuel 7.12

sábado, 19 de julho de 2014

China interrompe tratamentos não aprovados com células-tronco

Terapia é oferecida em grande escala por clínicas e hospitais de todo o país


PEQUIM - A China ordenou a suspensão de todos tratamentos e testes clínicos com células-tronco não aprovados, informou a imprensa no país nesta terça-feira. Pequim está tentando conter as terapias com células-tronco até agora não testadas e oferecidas em grande escala em todo o país.
O Ministério da Saúde também parou de aceitar novas aplicações para os programas de células-tronco, uma proibição que vai durar até julho e chega ao mesmo tempo em que a China inicia um programa de um ano para regulamentar melhor o setor melhor, informou a agência Xinhua citando um porta-voz do Ministério. Um número crescente de hospitais e clínicas especializadas em grandes cidades na China têm oferecido terapias com células-tronco nos últimos anos para o tratamento de doenças que vão desde câncer e Mal de Alzheimer a lesões da medula espinhal, tratamentos que são apoiados por pouca ou nenhuma evidência científica e que são considerados, na melhor das hipóteses, experimentais.
Alguns deles envolvem grandes hospitais gerais, onde os pacientes pagam milhares - ou mesmo dezenas de milhares - de dólares para os tratamentos que são anunciados online. O porta-voz do Ministério disse que os provedores de saúde não podiam mais cobrar para aplicações experimentais de células-tronco. De acordo com pacientes, médicos e parentes de pacientes que falaram à Reuters, as pessoas que recebiam os tratamentos apresentaram pouco ou melhora, e alguns morreram.
Recibos visto pela Reuters indicam que um desses hospitais é administrado pelo Exército chinês.


Read more: http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/china-interrompe-tratamentos-nao-aprovados-com-celulas-tronco-3626735#ixzz37xaaql3a



domingo, 10 de fevereiro de 2013
MUDANÇA DE PLANOS!!!

 Mudamos nossos planos já que o valor arrecadado é muito inferior ao que precisavamos para levar o Arthur a China.Então resolvemos ficar por aqui mesmo e tentar o programa de exercicios intensivos para crianças com paralisia cerebral o THERASUIT é um programa intensivo individual com duração de 3 a 4 semanas, com seções diarias.
Agradeço a todos sem citar nomes para não esquecer de ninguém, a ajuda de vcs foi fundamental para fazer possivél esse tratamento que é de alto custo. Infelismente não era o que queriamos mais tudo é como Deus quer e na hora que ele quer.
Não desistimos apenas mudamos o percurso...desistir do melhor para nosso filho jamais.

Detalhe: Estamos aguardando sair a cirurgia do Arthur que será para os proximos meses só depois da liberação médica ele poderá realizar tal terapia.
Vamos deixa-los sempre atualizados assim que as novidades forem acontecendo.


Para mais detalhes ou duvidas entre em contato
dry-silva@ig.com.br

http://www.therapiesbrasil.com.br/

ATÉ AQUI NOS AJUDOU O SENHOR
I Samuel 7.12
domingo, 29 de abril de 2012
Encontradas células-tronco no cérebro humano adulto

Elo mente-cérebro
Pesquisadores da Universidade de Lund, na Suécia, descobriram uma nova célula-tronco no cérebro adulto.
Estas células podem se multiplicar e formar vários tipos de células diferentes - mais importante, elas podem formar novas células cerebrais.
Este pode ser o elo que faltava para explicar fisiologicamente o fenômeno da plasticidade cerebral, um fenômeno físico no cérebro que pode ser induzido voluntariamente ou por práticas como a meditação.
Agora os pesquisadores esperam usar essa descoberta usar para desenvolver terapias que possam reparar doenças e danos ao cérebro.

Células-tronco para curar o cérebro
Analisando tecidos cerebrais a partir de biópsias, os pesquisadores encontraram as células-tronco em torno de pequenos vasos sanguíneos no cérebro.
A função específica dessas células, cuja existência era desconhecida até agora, ainda não está clara, mas suas propriedades plásticas sugerem um grande potencial.
Um tipo de célula semelhante foi identificado em vários outros órgãos, com capacidade para promover a regeneração de músculos, ossos, cartilagens e tecido adiposo.

Encontradas células-tronco no cérebro humano adulto
O mais interessante é a capacidade da nova célula-tronco de formar neurônios.

Em outros órgãos, os cientistas identificaram indícios claros de que estes tipos de células-tronco contribuem para reparar tecido e cicatrizar ferimentos.
A Dra. Gesine Paul-Visse e seus colegas sugerem que essas propriedades curativas também possam se aplicar ao cérebro.

Explicação da plasticidade
O próximo passo é tentar controlar e otimizar a capacidade de cura das células-tronco cerebrais com o objetivo de desenvolver terapias dirigidas a uma área específica do cérebro.
"Nossos resultados mostram que a capacidade da célula é muito maior do que se pensava inicialmente, e que essas células são muito versáteis," disse a Dra. Visse.
"O mais interessante é a sua capacidade de formar neurônios, mas elas também podem se desenvolver em outros tipos de células. Os resultados contribuem para uma melhor compreensão de como funciona a plasticidade das células do cérebro, e abre novas oportunidades para explorar esses recursos."
"Nós esperamos que nossa descoberta melhore e aumente a compreensão dos mecanismos naturais de reparação do cérebro. O objetivo final é fortalecer esses mecanismos e desenvolver novos tratamentos que possam reparar o cérebro doente," concluiu a pesquisadora.

Fonte: Diário da Saúde
quarta-feira, 18 de abril de 2012
O Ministério da Saúde anunciou ontem um pacote de R$ 15 milhões para expandir a produção nacional e pesquisa de células-tronco embrionárias e adultas. Hoje, a maior parte das células e dos insumos utilizados em pesquisa é importada.

Pesquisadores afirmam, no entanto, que "só dinheiro não ajuda". Eles reclamam da burocracia para a importação e exportação de material e da dificuldade de manter pessoal qualificado em razão dos baixos salários.

Segundo o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, R$ 8 milhões serão investidos na reestruturação e qualificação de oito Centros de Tecnologia Celular. Três deles estão em atividade (Curitiba, Salvador e Ribeirão Preto) e cinco estão em construção.

É a primeira vez que o ministério destina verba específica para a melhoria dos centros, segundo Padilha. No pacote anunciado ontem, outros R$ 7 milhões vão para editais de pesquisa que serão abertos ainda neste ano.

Padilha disse à Folha que a ideia é que os centros se estruturem para a produção comercial de células-tronco. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) já estuda pedidos nesse sentido.

Segundo ele, a prioridade será abastecer o mercado interno. "O que encarece e faz atrasar as pesquisas no Brasil são as importações de células-tronco. Por isso a gente quer suprir o mercado local, seja para as pesquisas, seja para o uso terapêutico."

A meta é que o Brasil também exporte essas células. "Isso depende de regulamentações, registros. Mas queremos dotar o país de capacidade para exportar."

Para Lygia da Veiga Pereira, professora associada do Departamento de Genética e Biologia Evolutiva da USP, o valor que cada centro receberá (em torno de R$ 1 milhão) "não é um espetáculo", mas é bem-vindo.

"O grande problema que vivemos é com a burocracia. Não dá para continuar perdendo material biológico nos aeroportos porque precisa de um monte de selo", diz ela, que coordena pesquisa com células-tronco embrionárias.

"Ou as células não chegam ou chegam mortas", emenda a também professora da USP Patrícia Beltrão Braga, que estuda células-tronco extraídas da polpa do dente de leite. Ela diz que recentemente perdeu material biológico vindo da Alemanha, que estava numa caixa esterilizada, porque um técnico da Anvisa a abriu sem os cuidados necessários.

Stevens Rehen, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro e pesquisador do Lance (Laboratório Nacional de Células-Tronco), também se queixa da dificuldade de manter pessoal qualificado nos laboratórios.

"Meus pesquisadores ganham R$ 2.000, R$ 2.500. Quando recebem uma proposta melhor, vão embora."

O secretário de Ciência e Tecnologia do ministério, Carlos Gadelha, reconhece os entraves regulatórios, mas diz que a pasta já está "construindo uma solução".

Segundo ele, um projeto-piloto começará a ser desenvolvido em alguns aeroportos brasileiros para agilizar a liberação de material de pesquisa importado.

Fonte: Jornal Floripa
terça-feira, 17 de abril de 2012
Serão investidos R$ 15 milhões na qualificação de oito centros de tecnologia celular e publicação de editais de pesquisa na área

O Ministério da Saúde vai investir R$ 15 milhões em terapia celular em 2012.A maior parte do recurso – R$ 8 milhões – será voltada para concluir a estruturação de oito Centros de Terapia Celular, que ficarão responsáveis pela produção nacional de pesquisas com células-tronco. Atualmente, grande parte dos insumos utilizados nas pesquisas com células-tronco realizadas no Brasil são importados. Os outros R$ 7 milhões serão aplicados em editais de pesquisa abertos ainda este ano. O anúncio foi feito pelo ministro Alexandre Padilha, durante a abertura do Encontro com a Comunidade Científica 2012, realizada na noite de segunda-feira e que segue até quarta-feira (18), no Edifício Brasil 21, em Brasília.“O objetivo é incentivar a independência tecnológica do País e proporcionar autonomia produtiva e know how numa das áreas mais inovadoras da saúde”, explicou o ministro.

Com esta ação, o governo quer ampliar o uso da medicina regenerativa na recuperação de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), em tratamentos como regeneração do coração, movimento das articulações, tratamento da esclerose múltipla.

“O know how de produção de suas próprias células-tronco, embrionárias e adultas, vai baratear as pesquisas na área e possibilitar a produção em escala para uso comercial”, explicou o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos Carlos Gadelha. “A intenção é tornar esses centros aptos a subsidiar hospitais públicos e privados na recuperação de órgãos de pacientes”, afirma o secretário.

A terapia celular ainda não é reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina brasileiro, o uso em pacientes só é permitido no âmbito das pesquisas clínicas. A exceção é o uso das células-tronco derivadas da medula óssea humana, que já vêm sendo empregadas com sucesso no tratamento de pacientes com hematológicas, como leucemias e anemias.

Centros -Os oito Centros de Tecnologia Celular estão localizados em sete municípios do país: três na Universidade de São Paulo na capital paulista (USP-SP), um na USP-Ribeirão, um na Universidade do Rio Grande do Sul, um na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-Paraná), em Curitiba, um no Instituto Nacional de Cardiologia do Rio de Janeiro e um no Hospital San Rafael, em Salvador (BA).

Três deles já estão em atividade – o de Curitiba, o de Salvador e o de Ribeirão Preto –, com recursos do Ministério da Saúde. Os outros cinco estão em fase de construção. O mais avançado é o da PUC-Paraná, que tem pesquisas concluídas, já produz células-tronco adultas e aguarda autorização da Anvisa para ampliarem a produção para escala comercial. Já deu suporte a cinco pesquisas clínicas envolvendo 80 pacientes cardíacos. Alguns dos pacientes voluntários nas pesquisas do centro da PUC-Paraná tinham anginas intratáveis que lhes impossibilitavam de fazer qualquer esforço físico, mas, com o tratamento, tiveram seus corações recuperados e hoje têm vida normal, com prática constante de atividade física. O centro já começou a produzir célula-tronco para uso em cartilagem, os chamados condrócitos, e aguarda liberação do Conselho Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) para realizar pesquisas envolvendo a regeneração de articulações de joelho e do quadril.

A USP Ribeirão Preto está desenvolvendo pesquisas na área de diabetes. No Hospital San Rafael, em Salvador, os estudos são em traumatismo de medula óssea e fígado.

Os centros começaram a ser criados em 2008, quando o Ministério da Saúde criou, em parceria com Finep, BNDES e CNPq, a Rede Nacional de Terapia Celular, constituída por 52 grupos de pesquisadores envolvidos em estudos principalmente de tratamento de doenças autoimunes, como diabetes, esclerose múltipla e traumatismo de medula. Esta foi uma iniciativa inédita em termos de pesquisa científica e desenvolvimento tecnológico na área da medicina regenerativa em todo o mundo.

Evento - O Encontro com a Comunidade Científica 2012 reúne cerca de 600 pesquisadores de todo o país. O investimento tem terapia celular faz parte de um pacote de investimentos de R$ 165 milhões em pesquisas em 2012. Serão publicados seis editais em diferentes áreas. Os demais recursos vão para doenças negligenciadas, pesquisa clínica, avaliação de tecnologias, coortes e gestão do trabalho e educação em saúde

Fonte: Portal da Saúde
segunda-feira, 16 de abril de 2012
domingo, 8 de abril de 2012

Faça um depósito, uma transferência ou um DOC para:

Agência : 3320
Conta Poupança : 1003540 -6
Favorecido : Arthur Victor Venâncio da Silva
CPF :361.797.248 -90





                                                       

Faça um depósito, uma transferência ou um DOC para:
 Agência : 0976
Operação : 013
Conta: 16939 dig -0
Favorecido : Arthur Victor Venâncio da Silva
CPF:361.797.248-90

Tradutor

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

Bem vindos!!



Criamos este blog para ajudar na Campanha pela recuperação
do Arthur com o transplante de células -tronco que será feito
na China.
Saiba todas as formas de se envolver na campanha
em busca de uma qualidade de vida para o Arthur.
Junte-se á nós,abrace essa causa
ENVOLVA-SE

Ajude doando e divulgando essa campanha.

Adriana e Edvaldo
(pais do Arthur)

Arthurzinho!

Roy Tanck's Flickr Widget requires Flash Player 9 or better.

Rotary promove jantar em Prol da Campanha

Roy Tanck's Flickr Widget requires Flash Player 9 or better.

Seguidores






Tecnologia do Blogger.