Apenas os eventos, rifas e as demais ações postadas neste blog serão usados em prol do tratamento do Arthur.

ATÉ AQUI NOS AJUDOU O SENHOR
I Samuel 7.12

quarta-feira, 5 de outubro de 2011




Pela primeira vez, cientistas conseguiram criar célula-tronco embrionária a partir de transferência de material genético. Na foto, um exemplo de célula-tronco
Em 1998, cientistas isolaram pela primeira vez células-tronco embrionárias, células capazes de se transformar em qualquer tecido do corpo (chamada pluripotentes). Desde então pesquisadores do mundo buscam criar estas células de forma personalizada para humanos.

Na edição desta quarta-feira (5) do periódico científico Nature cientistas publicaram um artigo mostrando pela primeira vez que é possível gerar estas células usando a chamada transferência nuclear somática com material genético humano – a técnica já havia sido aplicada em outros mamíferos com sucesso.
Basicamente, a tecnologia pega uma célula adulta, por exemplo, da pele, retira seu núcleo e o coloca em um óvulo cujo núcleo original foi retirado. Com o novo núcleo dentro dele, o óvulo se desenvolve, formando um blastocisto, que possui células-tronco embrionárias. Estas podem então ser diferenciadas em qualquer tecido do corpo.
“Acreditamos que essa técnica tem um grande potencial terapêutico. Nosso intuito nesta pesquisa era comprovar se ela era passível de ser utilizada. Muitos já haviam tentado usar óvulos para transformar células adultas em células-tronco pluripotentes e não tinham conseguido. A resposta que encontramos foi sim, é possível”, afirmaram Dieter Egli e Scott Noggle, do Laboratório de Células Tronco de Nova Iorque, nos Estados Unidos, principais autores da pesquisa, em conversa com jornalistas de todo o mundo.

O feito permitiria que uma pessoa adulta utilize suas próprias células para tratar uma lesão medular ou um infarto, evitando problemas de rejeição. O problema é que o trabalho de Egli, Noggle e colegas não retirou o núcleo original do óvulo.
Ou seja: eles injetaram o núcleo da célula da pele com o núcleo original do óvulo ainda dentro dele, gerando uma célula com um genoma de 69 cromossomos, chamado triplóide -- 46 da célula adulta, chamado diploide, mais 23 do óvulo, conhecido como haplóide. E não foi uma questão de escolha dos pesquisadores. “Tentamos tirar o núcleo do óvulo antes e depois de colocar o genoma da célula adulta. Nos dois casos o desenvolvimento parou”, explicou Egli.

Mesmo sendo triploide, o genoma da pele adulta se reprogramou e gerou células-tronco pluripotentes, capazes de criar qualquer tecido humano. “O objetivo é desenvolver uma tecnologia que remova o DNA do óvulo antes da inserção do núcleo da célula de pele. Acreditamos que não seja possível realizar este procedimento depois de ele ser colocado lá”, afirmou Egli. E completou: “Atualmente estamos testando diversas possibilidades para fazer isso”.

A taxa de sucesso criação de células-tronco pluripotentes foi grande. Dos 52 óvulos com genoma triploide gerados pelos pesquisadores, 13 chegaram ao estágio de blastocisto e produziram duas linhagens de células pluripotentes. Ao todo foram doados 270 ovócitos por 16 mulheres e os fornecedores das células adultas foram dois homens, um diabético e outro saudável.

A tecnologia utilizada para gerar as células-tronco pluripotentes neste estudo foi a mesma que levou a criação da ovelha Dolly. A diferença é que, no caso dela, foi retirado o genoma original do óvulo antes de se colocar o genoma da célula adulta, e, principalmente, que o blastocisto resultante foi implantado no útero de uma ovelha que então levou à Dolly.

Fonte: ÚLTIMO SEGUNDO

0 comentários:

Tradutor

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

Bem vindos!!



Criamos este blog para ajudar na Campanha pela recuperação
do Arthur com o transplante de células -tronco que será feito
na China.
Saiba todas as formas de se envolver na campanha
em busca de uma qualidade de vida para o Arthur.
Junte-se á nós,abrace essa causa
ENVOLVA-SE

Ajude doando e divulgando essa campanha.

Adriana e Edvaldo
(pais do Arthur)

Arthurzinho!

Roy Tanck's Flickr Widget requires Flash Player 9 or better.

Rotary promove jantar em Prol da Campanha

Roy Tanck's Flickr Widget requires Flash Player 9 or better.

Seguidores






Tecnologia do Blogger.